CHIP HORMONAL –  “Chip da beleza”

Por Dra. Heloisa Rocha

O tratamento de Terapia de Reposição Hormonal ( THR ) é realizado por meio de um implante subcutâneo de tubos pequenos de silicone semipermeáveis. Esses tubos comportam em torno de 50 mg da substância hormonal pura. A quantidade em cada ” tubinho “  é dez vezes menor do que no comprimido, pois a substância é liberada diretamente  na corrente sanguínea, o que preserva o nosso sistema digestivo e o nosso fígado.

As combinações pode ser as mais variadas possíveis, pois são individualizadas  de acordo com os exames hormonais e as necessidades de cada  paciente.  Alguns médicos implantam  na região glútea e outros na região lateral inguinal. O procedimento  dura menos de 15 minutos e é indolor, feito sob anestesia local. Após o implante, o hormônio é liberado gradativamente sob a corrente sanguínea, de maneira segura por um período de 6 meses a um ano.

A maioria desses implantes são bioidênticos, ou seja, iguais ao produzidos pelo nosso organismo, no que diz respeito á sua  estrutura molecular, pois são desenvolvidos á partir de amostras extraídas de urina de mulheres jovens.

Quais os hormônios que são implantados e qual o principal objetivo dos implantes ?

Existem seis tipos de implantes de hormônio, á saber:  elcometrina, nomgestrol, gestrinona, estradiol, testosterona e progesterona. Cada implante deve ser individualizado, baseado nas queixas e nos exames de cada paciente e suas principais indicações são:  inibir os sintomas da tensão pré menstrual ( TPM ), como inchaço, oscilações de humor e enxaquecas;  evitar a concepção ( gravidez ) e os sintomas da menopausa na mulheres de idade mais  avançada como a proteção  contra a perda óssea ( osteoporose ) , a queda de libido ( desejo sexual )e a perda de massa magra que começa a acontecer com a queda hormonal.   Além disso, é um método eficaz no tratamento de afecções ginecológicas como ovários policísticos, miomas e endometrioses, que sangram abundantemente gerando um grau intenso de anemia e sustar o sangramentro menstrual pode ser muito benéfico nessas  pacientes.

Existe algum outro efeito benéfico e algum colateral ?

Um dos efeitos mais desejados, especialmente se a paciente exercita é a melhora significativa da massa magra ( músculo ) e a perda de pesso gordo e, consequentemente  a diminuição das celulites, o que é MARAVILHOSO para o corpo feminino !  Outros sintomas adversos que acontecem no início, dependendo do implante, é queda de cabelo, acne e inchaço provocando  um aumento  de peso, mas esses são totalmente controlados e ocorrem somente em 20 %  dos casos. Cabe o médico que implanta que, no meu entender, deve ser somente feito por ginecologistas,  fazer uma revisão pós implantação em um ou dois meses, para rever a melhora e/ou o aparecimento desses  efeitos colaterais e ” aparar essas arestas ”   Procure seu  médico e compartilhe dessa idéia !